Robotização fiscal é um conceito que surge para transformar as rotinas no setor contábil das organizações. Já imaginou se fosse possível automatizar o cálculo dos tributos e a geração das guias para o pagamento? Enfim, eliminar todas as rotinas manuais e repetitivas?

Essas são apenas algumas das atividades que podem ser automatizadas através da robotização fiscal. Com o avanço da tecnologia surgiu o RPA (Robotic Process Automation), que é uma tecnologia de automação empresarial que reduz a necessidade de intervenção humana. Dentro das rotinas fiscais, essa tecnologia produz diversos efeitos positivos.

Neste artigo veremos como funciona a robotização fiscal e quais são os ganhos que a sua empresa pode obter com essa tecnologia. Confira.

As atividades do departamento fiscal

O departamento fiscal fica responsável por todas as rotinas relacionadas aos tributos e às obrigações fiscais que estão presentes em todas as pessoas jurídicas brasileiras. Trata-se de uma atividade essencial para que uma empresa possua uma boa relação com o Fisco e mantenha-se dentro da legalidade.

Antes de falarmos sobre o funcionamento da robotização fiscal, vamos ressaltar quais são as principais atividades desenvolvidas pelo departamento fiscal:

  • Recebimento fiscal da mercadoria que entra em estoque
  • Apuração de impostos, taxas e contribuições
  • Escrituração de livros fiscais – incluindo o ICMS, IPI e Livro Caixa
  • Geração de guias para o recolhimento de impostos federais, estaduais e municipais
  • Orientações para a emissão correta das notas fiscais de saídas
  • Armazenamento dos documentos fiscais pelo prazo previsto na legislação
  • Realização da Escrituração Fiscal Digital – EFD
  • Cumprimento das obrigações acessórias

Benefícios da robotização fiscal

Todas as atividades desenvolvidas pelo departamento fiscal que acabamos de ver são muito importantes para uma empresa, não é? Entretanto, muitas delas dependem de várias rotinas manuais que poderiam ser automatizadas para agilizar todos os processos internos.

Imagine o tempo que pode ser economizado quando você possui um sistema que calcula o valor dos impostos e faz a geração das guias para o pagamento. Não é necessário que um profissional perca horas realizando cálculos e preenchendo informações (e ainda correndo o risco de cometer erros). Seria um grande salto de eficiência. Em um estudo feito junto aos clientes do Dootax, foi constatado que para cada guia a ser emitida, um profissional gasta cerca de 30 minutos.

É justamente esses ganhos que a robotização fiscal busca trazer para as empresas. Confira quais são os principais benefícios que você pode obter com o RPA:

  • Redução do tempo gasto na realização de tarefas manuais ou repetitivas
  • Precisão nos cálculos
  • Facilidade em monitorar todos os compromissos fiscais ao longo do ano
  • Consistência e previsibilidade nos resultados obtidos com a automação
  • Aumento da produtividade de todo o departamento fiscal
  • Redução de custos no desenvolvimento dos processos internos
  • Melhoria da qualidade das informações obtidas
  • Redução das chances de erros e falhas
  • Em caso de turn-over o treinamento do novo profissional/equipe é reduzido drasticamente

Quais áreas do departamento fiscal pode ser automatizada?

Mas então, quais são as áreas do departamento fiscal que podem ser automatizadas? É claro que nem todas as rotinas desenvolvidas pela contabilidade podem ser deixadas nas mãos dos robôs, por essa razão é importante conhecer os limites de atuação da robotização fiscal.

Confira as principais rotinas que podem ser automatizadas dentro do departamento fiscal:

  • Rotinas de recebimento fiscal
  • Reconciliação de Livros Fiscais
  • Cumprimento das obrigações acessórias
  • Processamento das informações de e-mails
  • Apuração de impostos, taxas e contribuições
  • Acompanhamento da agenda de compromissos fiscais
  • Emissão de guias e pagamento dos tributos

Você já enfrentou problemas no momento de calcular o ICMS em meio a tantas regras diferentes? Ou então atrasou o recolhimento do IRPJ por descuido? Todas essas situações são eliminadas quando você conta com um sistema que automatiza o cálculo e o pagamento dos tributos – garantindo o cumprimento adequado das exigências do Fisco.

Tire o máximo da área fiscal com a robotização fiscal

Além de garantir que você siga as normas legais, a robotização fiscal também concede mais liberdade para que o departamento fiscal atue de forma estratégica dentro da organização. Quando todos os processos internos funcionam bem, surgem alguns outros benefícios:

  • Aproveitamento de benefícios fiscais para reduzir os custos tributários
  • Redução das despesas com o pagamento de todos os tributos em dia
  • Eliminação das penalidades do Fisco – como multas e juros
  • Agilidade no desenvolvimento das atividades internas – o que reflete na entrega dos produtos ao consumidor
  • Em uma possível fiscalização, a facilidade de encontrar todos os arquivos exigidos

Você já conhecia a importância da robotização fiscal para a sua empresa? Gostaria de conhecer melhor o funcionamento dessa tecnologia? Então faça uma visita em nosso website!

Thiago Souza

Co-Founder do Dootax, formado em Sistemas de Informação, desde 2004 atuando em Tecnologia da Informação. Em 2010 iniciou as atividades especificamente com foco no departamento fiscal e tributário. Atualmente responsável pelo Marketing e divulgação do Dootax.

COMENTÁRIOS