A GNRE em atraso é um problema frequente nos departamentos fiscais das empresas brasileiras. Em meio a tantos tributos para recolher e obrigações acessórias para cumprir, manter todos os prazos em dia é desafiador.

Entretanto, você tem uma grande aliada para evitar situações de GNRE em atraso: a tecnologia. Com o uso de soluções digitais voltadas para o departamento fiscal é possível automatizar vários processos – incluindo a emissão e pagamento da GNRE.

Quer descobrir como você pode pagar as guias em dia e evitar GNRE em atraso? Confira ao longo deste artigo.

O que é GNRE e quem precisa emitir?

A Guia Nacional de Recolhimento de Tributos Estaduais (GNRE) é o documento utilizado pelos contribuintes nas operações de vendas interestaduais sujeitas à substituição tributária e demais impostos devidos ao estado e recolhidos em outra unidade da federação.

Ou seja, trata-se de uma regra de partilha do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) que tem como objetivo recolher o imposto nos Estados de destino, facilitando a arrecadação.

Portanto, as empresas que precisam emitir a GNRE são aquelas que efetuam a venda de mercadorias com destino a outros estados ou prestações de serviços de transporte interestadual.

Problemas ao descumprir GNRE

Apesar de situações de GNRE em atraso serem comuns nas empresas brasileiras, essa é uma falha que pode levar a consequências graves – incluindo penalidades como multas e juros.

A falta de recolhimento dos tributos devidos na GNRE pode gerar sanções tributárias. Para fins legais, é como se a empresa não tivesse cumprido com suas obrigações. Ou seja, trata-se de um tipo de sonegação fiscal que, por consequência leva à punições.

Além disso, é preciso considerar que a mercadoria transportada sem o devido recolhimento da GNRE poderá ficar retida nas barreiras de fiscalização estaduais. Como consequência disso, podem surgir vários outros transtornos – que incluem o aumento dos custos.

Como nunca mais pagar GNRE em atraso: automatizando

Para se livrar de uma vez por todas dos problemas referentes à GNRE em atraso, você pode apostar na automação desse processo. Dessa forma, não é mais preciso que um funcionário realize todo o processo manualmente – e você evita todos os riscos de falhas humanas.

Em vez disso, um software fica responsável por emitir e pagar a Guia Nacional de Recolhimento de Tributos Estaduais dentro do prazo legal. Além de eficiência operacional, você também pode ficar mais tranquilo e focar em outras atividades importantes do setor fiscal.

O que não faltam são ótimas razões para automatizar a GNRE:

  • Redução do tempo gasto na realização de tarefas manuais ou repetitivas
  • Precisão nos cálculos
  • Facilidade em monitorar todos os compromissos fiscais ao longo do ano
  • Consistência e previsibilidade nos resultados
  • Aumento da produtividade de todo o departamento fiscal
  • Redução de custos no desenvolvimento dos processos internos
  • Melhoria da qualidade das informações obtidas
  • Redução das chances de erros e falhas
Emitir GNRE
Guia Nacional de Recolhimento de Tributos Estaduais

Por que automatizar a GNRE?

A automação da GNRE gera muitos benefícios para a sua organização. Veja quais são os principais deles:

  • Simplificação dos processos. Você pode automatizar toda a emissão da GNRE para tornar o fluxo de processos do departamento fiscal mais simples – aumentando a produtividade de toda a equipe.
  • Ganho de tempo. Com a automação, o departamento fiscal poupa um tempo precioso que pode ser usado em outras rotinas.
  • Compliance fiscal. A emissão correta da GNRE é uma das formas de manter o compliance fiscal e manter-se afastado de problemas com o Fisco.
  • Redução de custos. A emissão correta da GNRE pode ajudá-lo a poupar custos com penalidades – além de evitar situações de emissão em duplicidade.
  • Benefícios na logística. Com os documentos fiscais emitidos em dia, você evita problemas com caminhões parados em barreiras fiscais – agilizando as entregas feitas pela sua organização.

Colocar em prática a automação da GNRE pode ser mais simples do que você imagina. As soluções Dootax foram desenvolvidas com o objetivo de simplificar as rotinas do departamento fiscal – e o DOODoc proporciona a automação do pagamento de tributos da sua empresa:

GNRE em atraso? Nunca mais!

Você gostou das dicas para evitar a GNRE em atraso? Quer conhecer melhor as soluções da Dootax? Então entre em contato com a nossa equipe.

Carlos Lima

Formado em publicidade e propaganda, é analista de inbound marketing e mídias sociais na Dootax.

COMENTÁRIOS